Já é ano de eleição de novo, mal acabaram as polêmicas das eleições presidenciais e outra eleição, quase tão importante quanto, bate em nossa porta. Nos dias 14, 15, 16 de Abril ocorrerá, em toda UFRJ, o primeiro turno da eleição para a Reitoria. Esta eleição decidirá não só quem irá gerir nossa universidade pelos próximos 4 anos, mas também qual projeto de universidade queremos, por isso é muito importante a participação de todas e todos neste processo. Assista aos debates, leia o programa das chapas e ajude a decidir os rumos de nossa Universidade.

 

 

 

Mas pra que serve o Reitor ?

 

O reitor é o mais alto cargo administrativo da Universidade. Sua posição é análoga ao presidente em relação ao Brasil. Compõem seu mandato as pró-reitorias (as chamadas PR’s), tendo seus nomes indicados pelo Reitor. As pró-reitorias se dividem do seguinte modo:

 

  1. PR-1 - Pró-Reitoria de Graduação

  2. PR-2 - Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa

  3. PR-3 - Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento

  4. PR-4 - Pró-Reitoria de Pessoal

  5. PR-5 - Pró-Reitoria de Extensão

  6. PR-6 - Pró-Reitoria de Gestão e Governança

 

O reitor também tem a atribuição de presidir o CONSUNI (Conselho Universitário da UFRJ), que é “o Órgão máximo de função normativa, deliberativa e de planejamento da Universidade nos planos acadêmico, administrativo, financeiro, patrimonial e disciplinar, tendo sua composição, competências e funcionamento definidos no Estatuto e no Regimento Geral”². O CONSUNI é basicamente o espaço onde são tomadas as decisões mais importantes que tocam a universidade como um todo.

 

Como estamos numa universidade pública, o reitor também tem a função de dialogar com o ministério da educação e com o governo federal e  deve fazer isso em benefício da universidade. Na atual conjuntura que vivemos, com a política de cortes no Ministério da Educação de cerca de 7 bilhões de reais, uma atuação combativa e mobilizadora do reitor por mais recursos para a educação é fundamental.

 

E como funcionam essas eleições?

 

Oficialmente, nas universidades federais, o reitor é um cargo indicado pelo MEC. Porém, para que o processo seja mais democrático, é realizada uma consulta à comunidade acadêmica, na qual conhecemos por eleições por reitor.. Após a consulta, os três nomes mais votados são enviados ao MEC que pode optar por seguir o referendo e indicar ao cargo o nome mais votado ou por algum motivo indiciar um dos outros dois. Felizmente, nas últimas eleições o cargo foi atribuído ao nome mais votado e esperamos que isso continue acontecendo.

   

A eleição funciona com dois turnos, de forma semelhante à eleição presidencial. Se no primeiro turno, nenhum dos candidatos atingir mais de 50% dos votos, será feito um segundo turno com as duas chapas mais votadas.

 

 

Que coisa é essa de “peso” nos votos?

 

Nestas eleições podem votar todos os professores, técnicos administrativos e estudantes, mas como em outras eleições o voto de cada categoria possui um peso específico. A coisa funciona assim, cada uma dessas 3 categorias possui 1/3 dos pontos, onde o peso de um voto é o voto dividido sobre o total de votantes naquelas categoria.

 

Porém o valor do voto é em relação ao universo total de votantes, por exemplo:

 

Imagine que existam 2000 alunos com matrícula ativa, 200 técnicos administrativos e 10 professores. Se os 10 professores votarem no candidato A, este candidato terá 1/3 dos votos. Se 50 técnicos votarem no candidato B, é feito uma conta do total 100 de técnicos com o numero de votantes e esse valor é multiplicado por 1/3, ou seja, esse candidato recebe 1/6 dos votos. Agora se 200 alunos votarem para o candidato C, a mesma coisa acontece, fazendo esse candidato ficar com 1/30 dos votos.

 

Com isso, apenas 53% do total de pontos foi usado, fazendo as contas temos que o resultado da eleição seria o seguinte :

 

Candidato A - 62.5%

Candidato B - 31.3%

Candidato C - 6.2%

 

Ou seja, mesmo com 20 vezes mais votos, o candidato C teria perdido a eleição por causa da forma como os votos são calculados. Isso significa que cada vez que um aluno não vota, todos os alunos ficam com menos voz. Agora imagine se todos os alunos tivessem votado no candidato C nessa eleição, o resultado seria o seguinte:

 

Candidato A - 40%

Candidato B - 20%

Candidato C - 40%

 

Ou seja, a eleição seria levado para o segundo turno entre o candidato A e o candidato C.

 

A UFRJ tem atualmente aproximadamente 54 mil alunos e 3800 professores, isso significa que um voto de um professor corresponde a mais de 14 votos de alunos, ou seja, mesmo que um candidato tenha a maioria absuluta dos votos, não nescessariamente ele irá ganhar a eleição. Isto aconteceu por exemplo nas eleições do ano passado para Decania do CT, onde um candidato foi eleito mesmo tendo menos votos que seu concorrente.

 

Apesar de nosso voto ainda valer muito pouco, nós do CAEng acreditamos que os alunos podem fazer a diferença nessa eleição. Um exemplo prático disso acontecendo foi nesta mesma eleição para decania do CT, onde após uma participação recorde dos estudantes, a eleição foi levada para o segundo turno. Queremos quebrar esse recorde de novo, por isso convidamos todas e todos a mostrar sua voz nos dias 14, 15 e 16.

 

As chapas

 

Nesta eleição teremos 3 Chapas³:

 

Chapa 10 - Juntos pela UFRJ : Unidade na Diversidade

 

 

Reitora: Angela Rocha dos Santos, professora do Instituto de Matemática

Vice-reitor: Carlos Rangel Rodrigues, professor da Faculdade de Farmácia

   

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Angela-e-Rangel-Reitoria-UFRJ-2015-2019/1445496182407149?fref=ts

Chapa 20 - UFRJ Autônoma, Crítica e Democrática

 

Reitor: Roberto Leher, professor da Faculdade de Educação

Vice-reitora: Denise Fernandes Lopez Nascimento, professora da Faculdade de Odontologia

 

Facebook : https://www.facebook.com/chapa20ufrj?fref=ts

 

Chapa 30 - Somos todos UFRJ

 

 

Reitora: Denise Pires de Carvalho, professora do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho

Vice-reitor: Walter Issamu Suemitsu, professor da Escola Politécnica e Ex-Decano do CT

 

Facebook : https://www.facebook.com/pages/Somos-Todos-UFRJ/1610489725829724?fref=ts

 

 

É importante ver o material de todas as chapas para fazer a melhor decisão e escolher seu candidato, por isso acompanhe as chapas no facebook, assista aos debates, leia o programa de cada chapa e o mais importe, compareça às urnas nos dias 14, 15 e 16 de abril, pois a participação de todos é fundamental nesse processo.

 

Videos dos debates : http://webtv.ufrj.br/index.php?option=com_content&task=blogsection&id=35&Itemid=181


fontes :

¹http://www.ufrj.br/pr/conteudo_pr.php?sigla=PRO_REITORES

²http://www.consuni.ufrj.br/

³http://www.ufrj.br/mostranoticia.php?noticia=15383_Tres-chapas-concorrem-a-Reitoria-da-UFRJ-para-a-gestao--.html